segunda-feira, 22 de julho de 2013

UMA ALEGRIA CONTAGIOSA - JMJ 2013

Bolsas, mochilas  sacos-cama nos ombros, continuam a chegar aos milhares os jovens do povo da JMJ que marcaram encontro no Rio de Janeiro, onde se encontrarão com o Papa Francisco. Chegam de todas as partes do planeta animados de espírito de júbilo e alegria cristã, a ponto de contagiar a cidade que a pouco e pouco parece ela mesma readquirir o seu inato sentido de festa, depois de tantos dias difíceis. Se os latino-americanos, brasileiros e argentinos na frente, são a maioria, os europeus representam pelo menos 20 por cento dos inscritos: 7.000 italianos, 5.000 franceses, 2.600 espanhóis, 2.000 alemães e 1.700 polacos esperados. Deve-se recordar também que muitos estão há tempos noutras dioceses do Brasil para participar na semana missionária.
 Na metrópole carioca são entretanto realizadas iniciativas que fazem de complemento à verdadeira JMJ: a peregrinação da cruz e o ícone mariano, a feira vocacional, os festivais culturais e uma série de encontros animados por um contínuo intercâmbio de experiências, que graças ao uso  dos social networks e new media são relançados nas famílias, nas paróquias e nas dioceses de proveniência. Aliás é precisamente a tecnologia que se propõe mais como protagonista nos encontros das novas gerações. Smartphone e tablet à mão, permitem que os jovens troquem informações e sensações sobretudo no Facebook e Twitter.
E por seu lado a Igreja responde aos desafios do mundo digital com uma presença sem precedentes. É suficiente pensar no site oficial da JMJ www.rio2013.com activo em sete línguas: português, inglês, espanhol, francês, polaco e alemão. No seu interior, por exemplo, o canal «Tu na JMJ» contém narrações de pessoas que já viveram a alegria de um dia mundial, as expectativas de quem participa no encontro, o modo como se prepararam, como juntar e pôr de lado o dinheiro necessário para a viagem. Naturalmente é possível completar testemunhos e informações com fotos e vídeos personalizados. O acesso pode ser feito inserindo nome, cidade, comunidade ou grupo de pertença.
TEXTO: Gianluca Biccini

Nenhum comentário:

Postar um comentário